EXTREMAMENTE EXTREMA

Sou desconfiada, mas acabo sempre acreditando nas pessoas, mesmo sabendo que algumas delas podem me ferir. Às vezes sou cruel, falo para machucar de propósito, chega a ser péssima, um tanto horrorosa.

Às vezes sou legal, tão legal que chego a ser besta. Sou exagerada, muito exagerada. Nunca quebrei um osso, mas já quebrei muito a cara. Não sei contar piada, mas gosto de fazer as pessoas rirem, e amo quando elas se divertem comigo.

Tenho receio da solidão, medo de rejeição e pavor de envelhecer. Não sei perder, mas disfarço legal. Gosto de ser paparicada, sou muito orgulhosa, tenho reações imprevisíveis, mas tenho um bom coração.

Demoro muito para desistir de algo ou alguém, mas desanimo facilmente quando não vejo resultados. Fico emburrada quando não estou satisfeita. Sou um pouco ciumenta, mas poderia ser mais, e nunca demonstro.

Posso dizer que sou minha maior crítica. Alguns diriam que sou muito séria e brava, outros me acham uma tremenda palhaça. Não sou uma pessoa de meios termos, sou de extremos… ou eu amo ou eu odeio.

Às vezes não sei mentir. Sou complicada, difícil de aturar, mas garanto que vale a pena!

→ Por Ka Ribeiro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *